Acontecimentos anuais de referência

2000

A VerdeGuia - Associação de Moradores da Costa da Guia, foi criada no ano 2000, por um grupo de moradores, para impedir que o pinhal à entrada da Costa da Guia, pela Rua dos Hibiscos, fosse destruido na sua totalidade para dar lugar a um parque de estacionamento. Protestámos e conseguimos que o mesmo não fosse construído, mantendo intacto esse espaço verde da maior importância para todos os moradores e visitantes da Costa da Guia.

 

 

2001

Voltámos a protestar energicamente contra o projecto de construção de um novo loteamento, com 6 Blocos e Centro Comercial, no terreno onde existe hoje o Parque Infantil até à Rua dos Álamos.

A CMCascais acabou por revogar este loteamento, fazendo a doação de metade desse espaço à Igreja Católica.

Foi reconhecido o desempenho da VerdeGuia e concedido um subsídio avultado para a recuperação dos espaços verdes da Costa da Guia que totalizavam 50.000 m2. Seleccionámos as empresas, comparámos os orçamentos, adjudicámos a realização da obra e acompanhámos a sua execução, nomeadamente: a mobilização dos terrenos, a instalação da rega automática, o ajardinamento e a plantação de centenas de árvores.

 

 

2003

Lutámos pelo reforço da iluminação pública em toda a Costa da Guia e pela instalação de novos candeeiros nas zonas verdes.

Foi colocada uma vedação de madeira na zona verde em frente à “Casa da Guia”, foram colocados pilaretes em madeira na entrada, começando na Rua dos Hibiscos, foi feita a recuperação completa de vários relvados e a criação de um novo relvado na  Rua dos Abetos,

foi decidido construir um “Parque Infantil Temático" e iniciámos os preparativos para a sua construção, cujas obras prolongaram-se até meados de 2004. Durante os primeiros anos a manutenção, limpeza e melhoramentos foram assegurados pela VerdeGuia. Esta acção foi extensiva a todos os espaços verdes, tendo-nos ocupado da rega das árvores recém- plantadas.

Levámos a cabo acções de “Educação e Valorização Ambiental”, com a plantação de árvores e a implantação de ninhos, feita por crianças.

Instalámos papeleiras e/ou caixotes de lixo em toda a Costa da Guia.

Procedeu-se à desinfestação da lagarta processionária.

Foram construídas passagens entre várias ruas e passeios em certos locais.

 

 

2009

Movimento pela rejeição do projecto megalómano de construção de uma igreja que teria várias capelas mortuárias, salão de festas para 600 pessoas e parque de estacionamento. O projecto foi suspenso.

 

 

2010

Procedemos à aquisição e instalação de bancos de jardim e iniciamos o reordenamento da zona de estada junto à vedação de madeira e à ciclovia.

Foi solicitada a construção de um passeio na Rua das Acácias contornando o edifício cuja construção foi embargada.

Foi criada a figura de “Tutor de Bairro”.

Solicitámos insistentemente a construção de um caminho de acesso à EB1, ​mas só foi possível a colocação de gravilha no caminho existente​. Este problema só ficou resolvido no ano 2016.

 

 

2011

Solicitámos um reforço de dispensadores de sacos para dejectos caninos.

 

 

2012

Reforçámos o pedido à Junta de Freguesia para que fosse feito o passeio a contornar o edifício(continua embargado e abandonado) em construção na Rua das Acácias.

 

 

2013

Iniciámos a recolha de dados pessoais dos associados e dos moradores em geral, para facilitar a comunicação por via electrónica.

Criámos um novo endereço electrónico e abrimos uma página no Facebook.

Solicitámos à Junta de Freguesia a limpeza dos graffitis e a reposição de calçadas danificadas.

 

 

2014

Realizou-se a primeira reunião com a “Divisão de Cidadania” da CMCascais, para apresentação de actividades lúdico/pedagógicas e sociais, visando uma maior proximidade e interacção entre os moradores.

Foram desenvolvidas acções de limpeza das zonas verdes, envolvendo os moradores e outras acções com a participação dos mesmos, entre elas, aulas de Yoga num relvado.

 

 

2015

Participámos em várias discussões com a CMCascais sobre alterações ao PDM, garantindo a salvaguarda das zonas verdes.

Com o objectivo de concorrer ao Orçamento Participativo, apresentámos a proposta de vedação do relvado entre as ruas dos Álamos e das Acácias para evitar a presença de canídeos e dos seus dejectos, devolvendo aos moradores um relvado em condições de higiene, para a simples fruição do mesmo e para a prática de actividades do interesse dos moradores. A nossa Proposta foi aprovado por 1.550 votos e teve execução e inauguração em 2016.

E​m Assembleia Geral da VerdeGuia foi salientado o trabalho do falecido​ Dr. Armando Godinho, enquanto Presidente desta Associação desde o primeiro momento, e foram eleitos novos corpos ​directivos.

 

 

2016

Foram iniciados trabalhos para a construção de uma ciclovia que atravessaria toda a Costa da Guia, destruindo zonas de pinhal e eliminando muitos lugares de estacionamento, para além de criar muita insegurança aos moradores e retirar o ambiente calmo e característico existente. A situação foi resolvida da melhor forma, tendo sido alterado o traçado inicial, a ciclovia passa pela Rua das Faias e segue em direção à Areia, fazendo a ligação ao troço existente no Guincho.

Os caminhos pedonais de acesso à EB 1 e ao Lidl foram construídos e os restantes melhorados.

 

 

2017

Ano de grande actividade, com dois temas que se tornaram particularmente polémicos e igualmente participativos, um que ficou discutido e concluído(requalificação do espaço nas traseiras do cemitério), outro que se irá prolongar para 2018(terreno cedido à Associação Chabad).

Consulta pública promovida pela CMCascais, em sintonia com a VerdeGuia(depois de várias reuniões conjuntas e públicas sobre o projecto inicial que previa um Dog Parque, Pomar Comunitário e Eco Parque Infantil), para recolha de propostas por parte dos moradores no sentido da recuperação da zona posterior do cemitério. O resultado final da consulta pública, e que veio a ser implementado pela Cascais Ambiente, foi a de manter o Eco Parque Infantil e a requalificação da zona conhecida como “campo de jogos”, trabalhos finalizados no final desse ano.

 

Sobre a cedência de terreno à Associação Chabad, desde 2016 (conforme consta no comunicado do ano passado) a Direção da VerdeGuia tem desenvolvido contactos e reuniões para saber pormenores concretos do projecto que se estaria a equacionar para esse terreno. Na Assembleia Geral de 8 de Agosto de 2017 a Direcção teve oportunidade de apresentar toda a informação de que dispunha sobre este tema. Após as várias reuniões realizadas em diferentes momentos, umas com a CMCascais e outras com a Associação Chabad, temos bastantes mais elementos sobre aquilo que é o Projecto(provavelmente final) que a Associação Chabad vai submeter à CMCascais para aprovação e execução.

Foi agendada para dia 9 de Março de 2018 mais uma Assembleia Geral com dois pontos concretos, novas eleições para dirigentes da VerdeGuia e ponto de situação do Projecto Associação Chabad e progressos conseguidos, fruto de todas essas reuniões.

 

De modo operacional, várias intervenções na Costa da Guia foram tendo lugar a pedido da VerdeGuia em articulação com as entidades responsáveis e, em alguns casos, com o apoio financeiro da Associação.

* Foi remodelada toda a zona verde ao longo da vedação, à entrada da Costa da Guia.

* Pedimos a intervenção da Junta de Freguesia Cascais Estoril para a limpeza de graffitis e o arranjo de calçadas, por diversas vezes tivemos o respectivo apoio a esses pedidos.

* Foram feitos inúmeros pedidos para repor a iluminação pública nas zonas verdes. Está prometida, pela EDP, a sua solução para o primeiro trimestre de 2018.

* Dando continuidade a algo comunicado/iniciado em 2016, continuámos a procura de um espaço para reuniões e para o arquivo de toda a documentação da VerdeGuia, apesar das várias reuniões levadas a cabo com diversas entidades, ainda não foi em 2017 que se tornou possível concretizar esse desejo, a Sede Oficial da VerdeGuia.

* Foram instalados os primeiros bebedouros caninos.

* Foram mudados os caixotes de lixo que existiam em frente à pastelaria “Garoto da Guia”, possibilitando a instalação de uma esplanada.

*Mais sete bancos de jardim foram colocados em diversos locais da Costa da Guia.

* Acompanhámos a “Cascais Ambiente” na recuperação da zona ao longo do muro do “Edifício Neptuno” (Telepizza), onde havia uma horta de moradores, abandonada, tendo sido plantados dezenas de arbustos e árvores e refeito um murete.

* Foi instalado tubo de rega gota-a-gota no Bloco 4 (n.º 432 da Rua das Acácias).

* Após quinze anos sem nenhuma intervenção, as áreas ajardinadas da zona envolvente aos Blocos 1 e 2 (n.º 124 e n.º 188 da Rua dos Hibiscos) e ao Bloco 3 (n.º 347 da Rua das Acácias) foram reordenadas. Contribuímos financeiramente para o seu  reordenamento tendo sido removidas plantas extremamente invasoras e causadoras de alergias (plumas), árvores secas e muito mato. Em substituição foram plantados arbustos e suculentas (cactos, que consomem pouca água), foram colocadas vedações em toros de madeira em algumas zonas e aplicada casca de pinheiro nesses locais para ajudar a proteger os solos das ervas daninhas e a conservar a humidade necessária para o desenvolvimento das plantas.

 

Terminámos o ano de 2017 com uma digna e justa homenagem ao falecido fundador e primeiro presidente da VerdeGuia, Dr. Armando Dias Godinho, que tem desde 28 de Dezembro de 2017 uma placa em sua homenagem no nosso Parque Infantil.

 

Poderíamos, talvez, ter feito mais e melhor mas, temos plena consciência de ter contribuído para manter a Costa da Guia como um dos lugares mais aprazíveis para viver no concelho de Cascais.

 

No entanto, para que a VerdeGuia possa levar a cabo a missão a que se propôs e que deseja continuar, precisa de reforçar a sua representatividade institucional através do aumento do número de associados.

 

Participe e adira à VerdeGuia. O valor anual da quota é simbólico. Unidos fazemos a diferença!


VerdeGuia - Associação de Moradores da Costa da Guia

Respeitosamente,

A Direcção.

 

 

 

Costa da Guia | Cascais